171 para todos os lados

Não sou mais um garoto e durante toda a minha vida ouvi sempre orientações para andar na linha, fazer a coisa certa, respeitar a lei, etc… Confesso que foram ensinamentos valiosos, dos quais nunca me esquecerei.

Também durante esse tempo, vi pessoas que sempre escolhiam o caminho das águas. Pessoas que não perdiam a oportunidade de tirar vantagem de outros, fosse na escola, no campo de futebol, na rua soltando pipa, nas viagens de ônibus onde usavam carteirinha de estudante para não pagarem passagem, viam o próximo perder dinheiro e não devolviam e parece que as coisas só foram piorando.

Ninguém pensa mais no próximo, normalmente a pessoa que lesa os outros não gosta de ser lesada. Se formos observar, a malandragem é item de fábrica do brasileiro.

Que futuro vamos deixar para os nossos filhos e netos?

Bestificação da população

O governo não está preocupado com a educação e instrução do povo, prova disso são as péssimas condições de ensino que as escolas brasileiras tem apresentado. E por quais motivos estariam? No entendimento deles, uma vez o povo sendo instruído, votará mais conscientemente e por consequência, pessoas má intencionadas não chegarão ao poder.

O conhecimento liberta e engrandece, mas a falta dele, escraviza e é exatamente isso que aqueles que estão no poder desejam…

Asfalto quente

É engraçado ver como muitas das vezes somos tratados como idiotas pelos governantes deste país. Pagamos um IPVA que não é barato, independente do tipo de carro utilizado e que simplesmente não é direcionado para o que deveria.

Continuamos com ruas mal sinalizadas, com asfalto esburacado e com engenharia de tráfego mal feita. Diante disso, o governo fica com o dinheiro e simplesmente entrega o controle de determinadas estradas para a iniciativa privada, que cobra de nós um valor em forma de pedágio.

Será que o dinheiro arrecadado é insuficiente para a manutenção das vias?

O Carnaval que todos bancam

O carnaval passou, milhões foram gastos e agora todos pagaremos, aqueles que gostam e os que não gostam. Verbas que poderiam se utilizadas para coisas mais importantes e que além de alimentar o bolso de políticos, também passeiam por outras instituições privadas que vivem dele.

Não adianta falar que o mesmo gera muito dinheiro para os estados e municípios, pois essa conversa já é velha. O mais correto é a iniciativa privada e as ditas escolas de samba se virarem e arrumarem patrocínio.

Assim como não é certo os governos estadual e municipal bancarem inúmeros outros eventos onde os grandes beneficiados são empresas privadas, com o carnaval não pode ser diferente.

Enfim, como o brasileiro sempre se ilude com bebida e farra, torcemos para que a cultura brasileira mude com os anos para que nossos filhos e netos vivam em um mundo mais justo.

A facilidade enfraquece o caráter

O que você tem achado das atitudes dos jovens de hoje?

Pergunto isso porque a grande maioria só reclama da vida, estão sempre cansados e desanimados para fazer qualquer coisa e não tem uma atitude pró-ativa para tentar vencer na vida.

Isso é preocupante, já que os jovens de hoje serão os adultos de amanhã. Diante disso podemos imaginar como pode ser o futuro com verdadeiros parasitas sendo gerados nos lares.

Antes das evoluções tecnológicas que temos acesso, era difícil fazer muitas coisas, inclusive estudar. O jovem que quisesse ser alguém na vida, tinha de se dedicar muito aos estudos para tentar ir para uma faculdade ou até mesmo para empreender. Os pais tinham metas para os filhos e os obrigavam a alcançá-las, o próprio jovem encarava isso como uma prova de fogo para ser um adulto.

Com o passar dos anos, os pais, que outrora eram esses jovens, foram tendo filhos e não mais sendo exigentes na educação dos mesmos, deixando os filhos ficarem o tempo todo navegando na internet e sendo desleixados dentro e fora de casa. Não respeitam os mais velhos e acham que tudo se consegue em um passe de mágica.

O problema é que na vida, tudo que vem fácil, normalmente é ilegal, com isso vemos o número de criminosos e corruptos aumentar assustadoramente.

As lutas que todos passamos, existem justamente para formar em nós um caráter íntegro, com a ausência delas, que tipo de caráter será formado?

Jeitinho brasileiro: Erro encarado como virtude

 

Muito se fala do famoso “Jeitinho Brasileiro” de resolver as coisas, de termos a solução mágica para tudo. Na verdade esse é um dos maiores erros da nossa nação. Pense comigo:

Situação 1:
Se você está atrasado para uma consulta médica, você conversa com a atendente e dão um jeitinho para que seja atendido, sendo que as outras pessoas que chegaram no horário, serão prejudicadas com o atraso.

Situação 2:
Você está em uma fila e um amigo te vê, fura a fila e não se preocupa com as outras pessoas que já estavam ali aguardando. Seu amigo deu um jeitinho.

Situação 3:
O cidadão está com o carro com vários problemas, mas vive empurrando com a barriga, até que um dia acaba causando um acidente por falhas no veículo, pondo em risco a vida de outras pessoas que não tem nada a ver com a história.

Poderia enumerar aqui várias outras situações, mas o foco aqui é mostrar que o jeitinho brasileiro só é bem visto por aqueles que o utilizam, se você gosta de tirar vantagem sempre, passar os outros para trás, etc. Saiba que um dia poderão fazer isso contigo.

Não é isso que os nossos políticos e governantes tem feito? Dado o famoso “Jeitinho Brasileiro”?

Qual seria o seu país ideal?

Nos dias atuais, vivemos em um país onde a corrupção tem sido manchete nos principais meios de comunicação, o povo descrente com a política e a economia sendo mal vista pelo resto do mundo.

Sabemos que isso não aconteceu da noite para o dia e que grande parte disso passa pela nossa cultura, então como resolver? Em que estágio devemos chegar, para que possamos  dizer: “-Esse é o Brasil que queremos!”?